Castelo de Praga
Viagem

Castelo de Praga, o maior do mundo (e um dos mais belos)

Durante mil anos, o lugar foi residência de reis, imperadores e presidentes

Símbolo do poder e sofisticação do Reino da Boémia, o Castelo de Praga (Pražský hrad), chama a atenção não só pelo tamanho (é o maior do mundo), mas também pela beleza. Na verdade, trata-se de um amplo conjunto de construções.

Durante mil anos, o lugar foi residência de reis, imperadores e presidentes. O Castelo de Praga foi a sede da Boémia, um reino independente estabelecido em 1212 e que existiu até 1918. Atualmente, abriga a sede da Presidência da República Checa. Por ser tão antigo, é possível perceber a existência de diversos estilos arquitetônicos (barroco, gótico e renascentista).

O destaque do Castelo de Praga é a catedral gótica dedicada a S.Vito, S.Venceslau e S. Adalberto (katedrála sv. Víta, Václava a Vojtěcha).

Vitrais de São Vito

Os vitrais exuberantes da Catedral de São Vito

Uma das mais belas da Europa, a Catedral de São Vito se destaca pelo grau de preservação, que permite ao visitante contemplar a beleza dos vitrais concebidos pelo artista Alfons Mucha em estilo Art Nouveau — é um espetáculo inesquecível testemunhar os raios de sol passando pelos vitrais. 

A catedral também abriga os túmulos e restos mortais de santos importantes e governantes tchecos, como o de São Venceslau (padroeiro da República Tcheca) e dos imperadores Carlos IV (o que construiu a emblemática ponte) e Rodolfo II.

Também faz parte do complexo do Castelo de Praga o antigo palácio real (Starý královský palác), a Basílica de S. Jorge (bazilika sv. Jiří), Capela de S. Cruz (kaple sv. Kříže), Beco de ouro (Zlatá ulička) e a Pinacoteca do Castelo. Do lado de fora, estão os não menos imponentes jardins históricos (Jardim Real, Jardins do Sul, Fosso do Cervo, e outros (Královská zahrada, Jižní zahrady, Jelení příkop aj.).

LEIA TAMBÉM:

Praça da Cidade Velha é o ponto de partida para desbravar Praga

Ponte de Carlos é um museu a céu aberto e agitado centro cultural

Relógio astronômico de Praga desfila apóstolos de hora em hora

Os primeiros boêmios não vieram da Boémia

Como você se sentiu?

Animado
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Bobo
0

Você pode gostar também

Mais em:Viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *