Kurami, a deusa viva de Katmandu
Kurami, a deusa viva de Katmandu
Viagem

Kumari, a deusa viva de Katmandu, é uma atração turística

Uma menina de idade incerta, mas presumíveis 6 anos (em 2013) é considerada uma verdadeira deusa: Kumari, a encarnação da milenar deusa Taleju. Ela habita Kumari Ghar, um palácio de Durbar Square, em Katmandu, local que tornou-se uma atração turística curiosa, já que os forasteiros podem visitá-lo mas são terminantemente proibidos de registrar imagens da criança divina. Mas, providencialmente, ambulantes vendem cópias da foto oficial da deusa do lado de fora do local.

Diz a lenda que o rei Jaya Prakash Malla, sob a influência do álcool, enquanto brincava com a deusa Taleju na forma de um humano, começou a cobiçá-la. Isso ofendeu a deusa e ela ordenou que o rei fizesse um juramento, segundo o qual ele selecionaria uma garota virgem e esta criança nunca sairia do palácio.

A dinastia Malla foi derrubada pelo rei Prithvi Narayan Shah, mas a tradição de reverenciar a deusa Kumari continuou. Até 2008, o rei Shah ia ao Kumari para receber tika na testa, que simbolizava o poder do monarca.

A menina torna-se deusa após um rigoroso processo de escolha e permanece nesta condição até a primeira menstruação. Para serem candidatas, as meninas devem ser da etnia Newars (considerados os primeiros habitantes do Vale de Katmandu e que promovem os festivais religiosos mais elaborados), e ter até quatro anos de idade.

Elas são submetidas a testes assustadores e não podem apresentar sinais de medo.  Uma vez escolhida, a menina deve viver dentro da Kumari Ghar (casa de Kumari), seus pés nunca devem tocar o chão e deixarão sua residência apenas durante determinados festivais.

Kurami só deixa seu palácio em festivais religiosos

Uma das poucas oportunidades que Kumari deixa o palácio é o festival Indra Jatra, realizado entre o fim de agosto e início de setembro, quando a Deusa Viva Kumari é transportada em procissão pelas ruas, em uma grande carruagem, acompanhada por outros carros e dançarinos mascarados.

Ela permanecerá uma deusa viva até que ocorra qualquer forma de sangramento, que geralmente ocorre quando ela atinge a puberdade, quando será escolhida sua sucessora.

Como você se sentiu?

Animado
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Bobo
0

Você pode gostar também

Mais em:Viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *