Islas Flotantes.Lago Titicaca
Viagem

Para fugir dos espanhóis, indígenas construíram ilhas artificiais de bambu no Lago Titicaca

Em 1532, o espanhol Francisco Pizarro invadiu o Peru e foi pilhando e destruindo tudo o que encontrava pela frente. Com armas, cavalos e doenças, em pouco tempo dominou o secular império inca.

Para escapar, alguns indígenas se lançaram na imensidão do Lago Titicaca, onde construíram ilhas artificiais com um bambu chamado totora. Viveram séculos nestas condições e ainda hoje há alguns grupos que vivem nestes locais. São as Ilhas Flutuantes de Uros, um arquipélago formado por aproximadamente 90 ilhas, onde vivem cerca de 4,5 mil pessoas.

Ilas Flotantes, Lago Titicaca

Apesar de haver comunidades que realmente cultivam as tradições ancestrais, as ilhas abertas à visitação turística têm um ar de Disney, se assemelhando mais a uma cidade cenográfica. Ainda assim, é um passeio interessante, se levar em conta que os antigos nativos realmente construíram gigantes estruturas de bambu e sobre elas ergueram pequenas comunidades.

Ilas Flotantes, Lago Titicaca
.

Assim que se chega a uma das ilhas, num barco com ares de carro alegórico, os turistas assistem a uma palestra de um dos representantes da comunidade, que explica sobre a fuga para o Titicaca, o processo de construção da ilhas, usos e costumes da comunidade Aimara.

Os passeios para as ilhas flutuantes partes da cidade peruana de Puno, que fica a 380 quilômetros de Cusco e a 140 quilômetros da boliviana Copacabana.

Islas Flotantes, Lago Titicaca
Islas Flotantes, Lago Titicaca

Como você se sentiu?

Animado
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Bobo
0

Você pode gostar também

Mais em:Viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *