Pontes de Praga
Viagem

Praga reúne mil anos de história, arquitetura imponente e lendas impressionantes

Praga possui prédios preservados, arquitetura imponente, histórias seculares e lendas impressionantes – a cidade está entre as dez mais visitadas da Europa

Visitar Praga, capital da República Tcheca, é como estar em locações de uma superprodução do cinema. Prédios antigos mas devidamente preservados, arquitetura imponente, histórias seculares e lendas impressionantes ajudam a explicar porque a cidade está entre as dez mais visitadas da Europa — recebe quase sete milhões de turistas por ano.

O Centro Histórico de Praga é repleto de castelos, igrejas e pontes, predominantemente no estilo gótico — o que confere mais dramaticidade à paisagem. São sinais da existência esplendorosa do Reino da Boémia, que durante muito tempo foi sinônimo de poder e sofisticação.

Sorte dos visitantes que as construções do centro histórico de Praga (a grande maioria seculares, sendo algumas delas milenares) estão impecavelmente preservadas. Não à toa, é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Praça da Cidade Velha, Praga

LEIA TAMBÉM:

Praça da Cidade Velha é o ponto de partida para desbravar Praga

Castelo de Praga, o maior do mundo (e um dos mais belos)

O grande destaque de Praga é, sem dúvida, a Ponte Carlos, uma das mais de 30 sobre o rio Moldava. Construída por ordem de Carlos IV, em 1357, possui 516 metros de comprimento e 10 de largura, ligando o Bairro Pequeno (Malá Strana) à Cidade Velha (Staré Město). Em cada uma das extremidades, há torres, que no passado serviam para defender a estrutura de ataques invasores. A Ponte de Carlos abriga 30 estátuas representando santos e o próprio Jesus crucificado. O leito por onde passavam carruagens hoje está repleto de ambulantes e artistas —artesãos, pintores e músicos.

Ponte de Carlos, Praga

SAIBA MAIS:

Ponte de Carlos é um museu a céu aberto e agitado centro cultural

A maioria das atrações turísticas de Praga ficam em sua parte mais central, relativamente compacta, repartida entre os bairros de Staré Město, Nové Město, Malá Strana e Hradčany (Distrito do Castelo).

Um dos locais que mais atraem visitantes é o Relógio Astronômico de Praga. Construído em 1410 pelo mestre relojoeiro Hanus, ele oferece um show inesquevível: pontualmente, a cada hora cheia, os 12 apóstolos desfilam no topo do relógio astronômico, durante apenas 20 segundos. O relógio contém ainda um calendário com os meses do ano e os signos do zodíaco e quatro pequenas esculturas: um filósofo, um anjo, um astrônomo e um orador.

Relógio astronômico de Praga desfila apóstolos de hora em hora

SAIBA MAIS:

Relógio astronômico de Praga desfila apóstolos de hora em hora

Os primeiros boêmios não vieram da Boémia

Cemitério Judeu tem 100 mil corpos

Criado em 1439, o Antigo Cemitério Judeu de Praga foi durante mais de 300 anos o único lugar onde era permitido enterrar judeus em Praga. Devido à falta de espaço, os corpos eram enterrados uns em cima dos outros (chegando a mais de 10 amontoados). Estima-se que existam cerca de 100 mil corpos enterrados no local.

Como você se sentiu?

Animado
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Bobo
0

Você pode gostar também

Mais em:Viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *