Teatro da Ópera de Viena, Straatsoper
Viagem

Ópera Estatal de Viena é o lugar de música erudita mais importante do mundo

Viena é a capital mundial da música erudita e seu símbolo máximo é o Teatro da Ópera de Viena (Straatsoper). E não só por abrigar os espetáculos mais importantes do planeta, mas também por sua agenda repleta de atrações de alta qualidade: são mais de 60 óperas e balés, em cerca de 300 dias por ano.

Para os amantes de música clássica, é uma experiência única. Diferentemente do que se possa acreditar, não existem apenas ingressos caros é, portanto, inviáveis para a maioria das pessoas. Existem valores para todos os poderes aquisitivos. Os melhores lugares custam a partir de 150 Euros, mas é possível comprar ingressos para ver o espetáculo em pé, por 3 e 4 Euros. No entanto, estes ingressos populares não podem ser comprados antecipadamente, é preciso comprar no dia da apresentação, enfrentando uma fila de duas horas de espera.

Teatro online

Também é possível, mediante pagamento, assistir apresentações de ópera e balé pela internet, tanto ao vivo como gravadas, em www.staatsoperlive.com.

Além disso, também é possível fazer um tour virtual pelos bastidores do teatro, em https://www.wiener-staatsoper.at/en/your-visit/guided-tours/

https://www.wiener-staatsoper.at/en/your-visit/guided-tours/

Outra opção é o tour virtual em 360 graus em

https://yourstage.wien.info/en-us/article/staatsoper

Visitas monitoradas

Além dos espetáculos em si, vale a pena participar de visitas guiadas ao teatro, disponíveis em diversos idiomas. Destaques para o hall de entrada, a escada principal, a plateia com 2.800 lugares e o salão de chá onde o imperador da Áustria Francisco José (1830-1916) descansava durante os atos. O passeio também pode ser combinado com uma visita ao Museu da Ópera (Staatsopern Museum).

Arquitetos mortos

Algumas curiosidades acompanham a história do Teatro de Ópera de Viena. O arquiteto do edifício de design renascentista teria se suicidado logo após sua inauguração, em 1869, pois os vienenses teriam ficado decepcionados com o resultado final. Um segundo arquiteto foi contratado para tentar reverter a situação e atender às expectativas da sociedade de Viena mas também não teria resistido à pressão e morrido de infarto.

Em 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, uma bomba provocou sérios danos ao edifício, o que abalou profundamente os vienenses, pois o ataque foi considerado uma agressão simbólica à cidade. Dez anos depois do incidente, a ópera voltou a abrir suas portas, recuperada e dotada das tecnologias mais avançadas da época.

Como você se sentiu?

Animado
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Bobo
0

Você pode gostar também

Mais em:Viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *