Monte Roraima Elo Perdido do planeta
Viagem

Conheça Monte Roraima, o Elo Perdido do planeta Terra

Estruturas rochosas de diferentes formatos, animais e vegetais curiosos, e lendas fazem do Monte Roraim o Elo Perdido do Planeta

Um dos lugares mais impressionantes do planeta, o Monte Roraima cativa o visitante por apresentar as mesmas características de milhares de anos atrás: estruturas rochosas dos mais diferentes formatos, espécies animais e vegetais curiosas, lendas e uma grande atmosfera misteriosa.

Localizado ao norte da América do Sul, trata-se de um imenso bloco rochoso com 34,38 km² de superfície e 800 metros de altura (2.739 metros acima de nível do mar), na fronteira entre três países: Brasil, Venezuela e Guiana. No meio do nada.

Vacinação combina com doação
Monte Roraima

Fica a cerca de 25 quilômetros distante de um lugar mais próximo do que se pode chamar de “civilizado”, mas não se engane. Para chegar lá, só a pé, vencendo uma extenuante savana, subindo e descendo morros, driblando pedras, atravessando rios, resistindo a frio, calor, chuvas e, eventualmente, raios.

Por ser isolado e inóspito, o lugar permanece com as mesmas características de 60 milhões de anos atrás. Diferente de outras partes do planeta, as espécies vegetais e animais estacionaram em seu processo evolutivo, já que as condições são sempre as mesmas. Não saem nem chegam novas plantas ou bichos. E vivem em perfeito equilíbrio, pois as que não se adaptaram ao cenário simplesmente desapareceram. E as que resistem não precisam sofrer adaptações.

É por esses e outros motivos que o Monte Roraima é considerado o Elo Perdido da história do mundo. Em nenhuma outra parte do planeta podemos conhecer como era a vida milhares de anos atrás.

Monte Roraima

Se ser um lugar congelado pelo tempo já não é pouca coisa, outra característica faz do Roraima um local único: abriga, uma perto da outra, paisagens tão diferentes que, ao transitar por elas, parece estarmos viajando por continentes. Costões rochosos, trilhas de bromélias, brejos, desertos arenosos, lagos, vales repletos de cristais, orquídeas, cavernas… O caminhante (porque não há outro jeito de se locomover) tem a impressão de estar, na verdade, em uma viagem interplanetária.

CONTINUE LENDO:

Caminho ao Monte Roraima é castigante, mas compensador

Da Janela à Proa, Monte Roraima reserva muitas surpresas

Monte Roraima abriga animais e plantas exóticos

Como você se sentiu?

Animado
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Bobo
0

Você pode gostar também

Mais em:Viagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *